Polícia Militar desmantela ponto de jogo do bicho

Foto: Valéria Cuter

Atuando pela Rua Quintino Bocaiuva, região central da Cidade, numa loja revendedora de café, para checar uma denúncia feita de maneira anônima junto a Central Operacional da Polícia Militar (COPOM), os policiais militares Doriguel e Luiz, fizeram a apreensão de diversos objetos, principalmente, talões utilizados para a prática do jogo do bicho.

Ao ser abordado pela PM, o responsável pela loja Gilvan C.F.P., de 42 anos, reconheceu que fazia a prática do jogo ilegal e não ofereceu nenhuma resistência. “Não tenho como negar, pois muitos talões e jogos feitos foram apreendidos. Acho que esse jogo deveria ser liberado, pois é feito de maneira honesta. Quem acerta recebe o dinheiro onde fez o jogo. O problema é o imposto, mas acredito que um dia ainda vão liberar”, disse Gilvan.

O contraventor foi conduzido ? 1ª Central de Polícia Judiciária, onde foi ouvido pelo delegado Marcelo Lanhoso de Lima e liberado. Atualmente, o jogo do bicho continua a ser praticado em larga escala nas ruas das principais cidades do Brasil, não obstante ser considerado uma contravenção pela legislação penal brasileira.