Policia Militar de Itatinga apreende duas armas de fogo no final de semana

O cabo Nazareth e o soldado Inoue da Polícia Militar, durante a madrugada do último sábado, 21, no momento que estavam prestando atendimento a um acidente de transito com vítima, ouviram vários disparos de arma de fogo e avistaram várias pessoas correndo.

Após colherem as características do autor dos disparos, prosseguiram em diligencias com vistas ao suspeito e no cruzamento da Rua São Vicente com a Rua Padre Chirinéia, próximo ao terminal rodoviário de Itatinga, detiveram o suspeito de ser o autor dos disparos, Jorge Luis, e localizaram a arma, sob um portão de uma loja de materiais para construção.

A arma de fogo tratava se de um revólver calibre 38, capacidade para seis tiros e estava municiado com seis capsulas deflagradas. O indivíduo que já é conhecido nos meios policiais, pois já foi preso anteriormente por tráfico de entorpecentes, foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma/disparo de arma de fogo em via pública e foi recolhido na Cadeia Pública de Itatinga onde irá permanecer a disposição da Justiça.  

Outro caso horas antes

Os policias Militares Sargento Franzini, comandante da Policia Militar de Itatinga, Cabo Nazareth e do Soldado Inoue, realizaram na sexta-feira, 20, Operação Saturação com o foco aos bares da cidade. Durante a abordagem a um bar localizado pela Rua Ventura Janes bairro Jardim Parenti I, os policiais  perceberam que dois indivíduos haviam saído do bar rapidamente e embarcado em um veículo VW gol, razão a qual foram de imediato abordados.

O soldado Inoue ao revistar o indivíduo que estava no banco de passageiros localizou, na cueca do suspeito, 01 revolver calibre 22, capacidade para sete tiros que estava municiado com sete cartuchos intactos, ou seja, pronto para o uso. O Indivíduo foi autuado em flagrante delito por Porte Ilegal de Arma e recolhido na Cadeia Pública local. “Essa ação é bastante importante, já que essa arma em circulação poderia ser utilizada para a pratica de outros delitos”, ressaltou o Sargento Franzini.