Polícia Militar de Botucatu apreende 23 quilos de maconha

Fotos: Luiz Fernando

Uma operação desencadeada pela Polícia Militar (PM) de Botucatu na noite desta sexta-feira (22), que contou com as três equipes de Força Tática sob o comando dos sargentos Francisco, Doni e Tocchio resultou na apreensão de 23 quilos de maconha, divididas em diversos “tijolos prensados” que estavam em poder de uma quadrilha formada por cinco integrantes.

De acordo com o capitão Aleksander, a PM recebeu denuncia de que um cidadão, em um veículo Renault Clio vindo de Piracicaba ou Campinas pela SP 191 Rodovia Geraldo Pereira de Barros, entraria pela Rodovia Alcides Soares e passaria pelo Distrito de Vitoriana para levar a Botucatu uma grande carga de maconha.

De posse destas informações as equipes de Força Tática iniciaram o patrulhamento preventivo pelas imediações de Vitoriana. Por volta das 21 horas, na altura do km 164 da SP-191 Rodovia Geraldo Pereira de Barros, próximo ? ponte do Rio Jaú, os policiais avistaram o veículo Renault Clio, com placas de Campinas e um Astra com placas de Osasco estacionados. Feito a abordagem e detidas quatro pessoas, sendo que uma delas conseguiu fugir para um matagal ali existente. Na revista interna aos carros foi encontrada 19 quilos da droga, um revólver Taurus, calibre 38 e diversos telefones celulares.

Posteriormente, por volta das 04 horas já na madrugada desse sábado (23), houve nova denúncia informando que o foragido (Mineiro) estava escondido nas proximidades de Vitoriana. As equipes de Força Tática retornaram ao local e conseguiram deter “Mineiro” e com ele foi apreendido mais 04 kg de maconha, totalizando 23 kg do total do entorpecente.

As cinco pessoas presas na operação (quatro homens e uma mulher) receberam voz de prisão e foram encaminhadas ao Plantão Permanente, onde foram autuadas em crime de flagrante de tráfico de entorpecentes. A mulher foi conduzida ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pirajuí e os homens para o CDP de Cerqueira César. São eles: Ariane Grasiele Alves; Rodrigo Fidêncio; Silvestre Raimundo Clementino e Daivid Alan Barbosa, o Mineiro.

A PM também detectou que toda a droga apreendida nessa operação seria distribuída na região e o revólver calibre 38 era uma “encomenda” para um morador de Botucatu. Os celulares, assim como os dois carros apreendidos, estão sendo periciados. O caso agora passa a ser investigado pela equipe da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE).

“A população formulando denúncias, principalmente, relacionadas ao tráfico de drogas, presta um grande serviço ? polícia (Civil e Militar), pois a retirada de traficantes e drogas de circulação reflete, diretamente, na redução dos demais índices criminais, principalmente os furtos e roubos”, ressaltou o tenente Bruno, comandante da Força Patrulha.