Polícia Militar comemora queda no índice de criminalidade

Na manhã desta segunda-feira o comando das Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Polícia Civil estiveram reunidos com a imprensa para mostrar os dados estatísticos da produtividade e redução da criminalidade em Botucatu, comparado a outras cidades de igual e maior contingente populacional do interior do Estado. O encontro foi na sede do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPMI).

Nas explanações feitas pelas autoridades, Botucatu figurou em 2010, na primeira colocação na diminuição do índice de roubos ? mão armada (em 2009 ficou em 5º lugar, diminuindo de 234 casos para 102) e prática de homicídios (de quatro em 2009 para apenas dois em). Também em outros quesitos da criminalidade como apreensão de entorpecentes, condenados capturados e pessoas presas pelos mais variados tipos de delitos, aumentou em 50%, em comparativo aos dois anos anteriores.

Para o comandante do 12º BPMI, tenente coronel José Aparecido Godoy Siqueira, esses resultados foram conquistados em razão da dedicação dos homens que fazem Segurança Pública na cidade. “O números falam por si. Vivemos hoje uma situação em que a criminalidade está sob controle e com a produtividade em alta. O trabalho em sincronismo que temos com a Polícia Civil e Guarda Municipal foi o grande responsável por conseguirmos alcançar esta estatística positiva, realizando operações conjuntas em diferentes pontos da cidade”, adiantou Siqueira.

O delegado seccional de polícia, Antônio Soares da Costa Neto, salientou que mesmo trabalhando com um número defasado de policiais, os resultados estão aparecendo. “Isso é fruto da dedicação de quem faz Segurança Pública na cidade, com os policiais militares e Guarda Municipal na prevenção e os policiais civis na investigação, em operações conjuntas e planejadas. Estamos no caminho certo com o objetivo único de enfrentar a criminalidade vamos continuar desenvolvendo esse trabalho para melhorar sempre e cada vez mais. Esse é o objetivo de todos nós”, colocou Soares Neto.

Paulo Renato, comandante da Guarda Municipal, caminha nessa mesma linha de raciocínio. “Esses números altamente positivos da Polícia Militar, seguramente, dão a sensação de segurança ? população. É neste sentido que todos nós que trabalhamos com Segurança Pública caminhamos”, frisa.

O secretário municipal de Segunça Pública, Adjair de Campos acrescenta: “As operações feitas, conjuntamente, cada um dentro de suas funções, num trabalho sincronizado, vão continuar acontecendo, pois todos estamos imbuídos no espírito público de prestar serviços ? comunidade. É essa nossa função”.

Fotos e Video: Macaru