Polícia investiga homicídio tentado no Jardim Monte Mor

Em casos como este os políciais do trabalho investigativo procuram  detectar o que a vítima fez e com quem esteve nas horas que antecedarm o fato e se tinha inimigos que pudessem desejar sua morte

 

O delegado adjunto da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Geraldo Franco Pires (foto),  está buscando pistas que possam  levar ao esclarecimento de um crime registrado como tentativa de homicídio ocorrido pela Rua 9, região do Jardim Monte Mor, na noite de sábado, atendida pelos policiais militares cabos Sidney e Trombaco. A vítima foi um rapaz de 25 anos e até o final do expediente da delegacia desta segunda-feira, o caso estava sem solução.

Descreve o Boletim de Ocorrência (BO) registrada no Plantão Permanente pelo delegado Marcelo Lanhoso de Lima, que esta rapaz caminhava pela via pública por volta das 21h30, quando foi atingido por uma bala que atingiu seu ombro direito e ficou alojado nas costas. A própria vítima se apresentou junto ao Pronto Socorro do Hospital das Clínicas (PS/HC) da Unesp.

Em casos como este os políciais especializados no trabalho investigativo procuram  detectar o que a vítima fez e com quem esteve nas horas que antecederam o fato e se tinha inimigos que pudessem desejar sua morte. A Polícia Técnica e Científica esteve no local para coletar dados sobre o caso e elaborar o laudo pericial que poderá desenhar a trajetória da bala, ou seja, de onde ela veio. Embora caso esteja sendo trabalhado como tentativa de homicídio, não está descartada a possibilidade de o tiro ter sido acidental.