Polícia identifica assaltante morto durante tentativa de assalto

2016-06-10-PHOTO-00000027 (1)A Polícia Civil, através da DIG de Botucatu, identificou na tarde desta sexta-feira, 10, o homem morto após troca de tiros com a PM durante assalto nesta madrugada em uma loja de conveniência em um Posto de combustíveis na Rodovia Castelinho. Trata-se de Nilton Ferreira Dias, mais conhecido como “Alemãozinho”, que já tem passagens pela polícia pelos crimes de furto e roubo, nas cidades de Itatinga e São Paulo. A polícia apontou que Nilton foi o autor de mais três roubos em Botucatu, dois a outros postos de combustíveis e a um transeunte.

Relembre o caso

Por volta das 2 horas da manhã de sexta-feira, 10, a polícia Militar de Botucatu foi acionada para atender a um caso de roubo em andamento em um posto de combustíveis na Rodovia João Hipólito Martins, a Castelinho. Um homem encapuzado entrou na loja de conveniência do posto armado com um revólver.

roubo posto 5Ele rendeu o caixa, apontando a arma para a vítima. Dois clientes estavam no local e também foram assaltados. As imagens do circuito de segurança flagraram a ação do criminoso. Depois de colocar o dinheiro do caixa e dos clientes em uma sacola plástica, ele fugiu a pé. Com as características do assaltante, os policiais passaram a patrulhar a região, e uma das viaturas localizou o suspeito na Avenida Brasil, no Jardim Riviera.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, ao ver a viatura, o suspeito disparou duas vezes contra a guarnição e os policias revidaram os disparos. Dois tiros atingiram o assaltante, que foi socorrido pelo resgate do Corpo de Bombeiros, porém, ele não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital das Clínicas.

roubo posto 3O suspeito não foi identificado, já que não portava documentos. Trata-se de um homem, de 1,70 metros, com tatuagens pelo corpo, como um cão rottweiler, na perna direita, um palhaço, na mesma perna, e uma coroa no peito, uma teia de aranha e algumas caveiras. O homem também tinha falhas nos dentes. Os policiais apreenderam R$ 271,00 em dinheiro, que foi devolvido ao posto de combustíveis, e um revólver calibre 38, com 5 munições, duas deflagradas, duas picotadas e uma intacta, que estaria com o assaltante. A ocorrência foi registrada na policia Civil, que irá investigar o caso e tentar descobrir se o suspeito tem envolvimento com os outros assaltos ocorridos nos últimos dias em Botucatu.