Polícia Civil revela que roubos estão esclarecidos

Foto: Valéria Cuter

Embora alguns acusados ainda estejam foragidos, a Polícia Civil de Botucatu através dos policiais especializados da Delegada de Investigações Gerais, (DIG), identificou os autores de sete roubos que aconteceram, recentemente, na Cidade. Apenas num final de semana quatro casos foram registrados.

“Tivemos uma situação atípica com uma sequencia roubos que foram registrados e em uma semana aconteceram casos que, normalmente, são registrados no mês e a polícia deu a resposta. Felizmente o trabalho de nossa equipe foi muito satisfatório e os crimes foram esclarecidos”, disse o delegado titular, Celso Olindo (foto), ressaltando que existe um trabalho sincronizado entre a Policia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal.

Segundo a autoridade policial civil as duas últimas semanas foram decisivas para que os casos fossem elucidados. “Como tínhamos previsto quando os crimes aconteceram, alguns marginais participaram de mais de um roubo e já eram conhecidos da nossa equipe de investigação. Uma das exceções foi um rapaz que veio de Itaporanga e estava há três meses trabalhando em um sítio e foi co-autor de um assalto no posto da Castelinho”, frisa o delegado.

Ele afirma que assim que o Boletim de Ocorrência (BO) chega ? DIG, os policiais já fazem um desenho da maneira como o marginal agiu. “Cada qual tem uma maneira peculiar de agir, por isso é muito importante quando os policiais recebem dados do criminoso. Quanto mais detalhes forem passados, mais rápido os marginais poderão ser identificados”, disse Olindo.

Outro ponto destacado foi com relação ? participação da população que confia no trabalho da polícia fazendo denúncias anônimas. “O munícipe pode ficar tranquilo que, em hipótese nenhuma, ele será identificado”, garante o delegado. “E foi através da colaboração da população que muitos marginais acabaram presos”, sacramentou.

Ele orienta que as denúncias podem ser feitas de qualquer telefone público (orelhão) ou privado, para os órgãos de segurança da Cidade: 197 (Polícia Civil), 190 (Polícia Militar) e 199 (Guarda Civil Municipal). Não é necessário o uso do cartão.