Polícia apreende revólveres, espingarda e fuzil

Fotos: Luiz Fernando

 

Nesta sexta feira uma operação conjunta desencadeada pela Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Polícia Militar, com o comando da 1ª Companhia, na residência de Waldemar Maschieri Netto,  na Vila dos Lavradores, resultou na apreensão de dois revólveres (calibres 32 e 38) com as numerações adulteradas, uma espingarda cartucheira calibre 12 e um fuzil AR-15.

Além das armas os policias aprenderam  35 munições para o fuzil intactos calibre .556 e 14 deflagradas, sete projéteis para o revólver calibre 32, cinco para o 38 e quatro cartuchos para a espingarda, além de 4 cartuchos para calibre 12. Também na casa havia dezenas de folhas de cheques mais de 3 mil reais, 300 dólares, 115 euros, 15 libras esterlinas e quatro telefones celulares. Sobre o fuzil AR-15, de fabricação americana, o indiciado alegou ter pagado R$ 50 mil e pretendia revender por um preço maior.

Os policiais estiveram nesse local para cumprir um mandado de busca e apreensão determinado pelo juiz da Vara Criminal da Comarca. Maschieri Netto, foi conduzido à DIG e enquadrado do artigo 15 do Código Penal Brasileiro (posse ilegal de arma de uso restrito) e também pela posse de arma de uso permitido. A numeração de um dos revólveres estava suprimida. A pena aos condenados nesse tipo de crime é de 3 a 6 anos de reclusão. O indiciado foi recolhido a cadeia pública de Itatinga. Já os outros produtos apreendidos na casa, passarão por uma perícia para que se conheça a origem.