Polícia apreende 97 quilos de maconha em rodovia

Fotos: Valéria Cuter

Mais uma vez o trabalho sincronizado do grupo do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) e equipes de Força Tática de Botucatu resultou na apreensão de 97 quilos de maconha em duas operações distintas. As ações aconteceram no km 208 da SP 280 Rodovia Presidente Castello Branco, na praça de pedágio do município de Itatinga.

Durante a operação os policiais abordaram um Fiat Mille Smart, placas JFZ-8665, da cidade de Ribas do Rio Pardo, Mato Grosso do Sul, que estava sendo conduzido por Leosvaldo Lima de Oliveira, de 38 anos. Vinham como passageiras as irmãs paraguaias Antônia Chavez Gill (22) e Elena Chavez Gill (20).

No interior desse veículo os policiais encontraram 60 quilos de maconha, divididos em dezenas de “tijolos” prensados. O motorista reconheceu que a droga era de sua propriedade e receberia R$ 2 mil para fazer o transporte até São Paulo. “Fiz isso pela primeira vez, mas já dei azar e cai nessa ação da polícia. Não há nada que eu possa fazer, nem dizer que a droga não estava comigo”, disse Oliveira, alegando desconhecer o nome da pessoa que o contratou para deixar o carro com a droga em um posto de gasolina em São Paulo.

Em outra operação feita no pedágio foi interceptado um VW Gol, placas DIB-0015, de Eldorado, Mato Grosso do Sul, conduzido por Marcelo da Silva Santos, de 27 anos. Nesse veículo havia 37 quilos de maconha, também divididos em diversos “tijolos” prensados. A polícia apurou que Santos receberia a quantia de R$ 5 mil para transportar a droga até São Paulo. Ele não quis dar declarações.

Os quatro envolvidos nessas duas operações foram conduzidos ? Delegacia de Polícia de Itatinga, onde o delegado Paulo Buchignani confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) de flagrante de tráfico de entorpecentes para que os dois homens fossem recolhidos ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira Cesar e as mulheres ao CDP de Pirajuí.

Participaram da operação na SP 280 os policiais rodoviários tenente Maganha, sargentos Magalhães e Duarte e os patrulheiros Inácio, Nolvoa, Marcos, Valêncio, Luna, Muniz e Polo. Da Força Tática estiveram o tenente Cagliari, os sargentos Tocchio e Leonardo e os soldados Edilton, Carlos Alberto, Cardoso, Mácoris e Gonzaga.