PM realiza flagrante de tráfico na região da Vila Ferroviária

Na tarde desta quarta-feira, em uma operação desencadeada pelos policiais militares sargento Laudo e soldado Roma, contando com apoio dos soldados Luiz Alberto, De Souza e Márcio culminou com a prisão de um cidadão bastante conhecido nos meios policiais chamado Marcos Sistehen, conhecido como Marquito, de 19 anos de idade.

Laudo e Roma realizavam patrulhamento preventivo/ostensivo pela Rua 1º de Maio, na Vila Ferroviária, local que os policiais conhecem como ponto de venda de entorpecente e quando localizaram Marquito fizeram a abordagem não dando qualquer chance de fuga. Como ele, os PMs aprenderam sete porções de maconha e R$ 68,00 em dinheiro.

“Embora o indiciado não tenha sido preso com uma grande quantidade de droga, ele estava em movimento de tráfico e já havia comercializado várias porções. Ele assumiu que estava com 20 porções de maconha e vendeu parte dela, mas não revelou de onde pegou”, comentou o sargento Laudo.

Marquito que já foi enquadrado em crime de tráfico de entorpecentes acabou sendo encaminhado, primeiramente ? DISE – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes e, posteriormente, ao Plantão Permanente, onde prestou depoimento a delegada Simone Alves Firmino, antes de ser recolhido ? Cadeia Pública local.

{n}Rapaz com pedras de crack{/n}

Outra operação envolvendo entorpecentes apresentada na DISE, esta pela equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE) da Guarda Civil Municipal (GCM), foi feita na Rua Ângelo Martin, no Parque Marajoara, na tarde desta quarta-feira.

Foi detido um rapaz de iniciais E.F.S., de 24 anos de idade, que estava caminhando pela rua quando foi abordado pelos agentes da GCM. Com ele foi apreendido oito pedras de crack. Ele alegou ser dependente químico e que a droga era para seu próprio uso. Foi autuado pelo delegado Paulo Buchignani por uso e porte de entorpecentes e liberado.

Fotos: Macaru