PM realiza campanha de doação de medula óssea

Fotos: Valéria Cuter

O 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior ( BPM/I), realizou em conjunto com o Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu e o Hemocentro do Hospital Amaral Carvalho (Jaú), a campanha de doação de medula óssea, para o cadastramento de possíveis doadores compatíveis para a realização do transplante de medula, de pessoas que precisam urgente de cirurgia. A campanha foi desenvolvida na sede do 12ºBPM/I, e houve uma expressiva participação de policiais, funcionários das empresas da cidade e a população geral que veio se solidarizar com a iniciativa.

“A Polícia Militar sempre compromissada com o cidadão busca por meio de iniciativas como esta auxiliar na coleta de doadores em potencial, pois a compatibilidade genética é bem difícil (em torno de 1 pessoa em 1 milhão) e a medida que existam mais pessoas cadastradas no Registro de Doadores de Medula que é administrado em todo o Brasil pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) a possibilidade de se achar um doador compatível e salvar uma vida aumenta – ressalta o capitão Aleksander, Chefe da Seção de Assuntos Civis.

Independentemente desta iniciativa da Polícia Militar, qualquer pessoa pode ser uma doadora em potencial, desde que tenha entre 18 e 55 anos e goze de boa saúde, devendo procurar o Hemocentro de sua cidade e se informar como pode ser um doador voluntário.