PM prende quatro pessoas com droga em rodovia

Em patrulhamento pelo Jardim Ciranda, próximo a um local conhecido como ponto de comércio de entorpecentes (biqueira), a equipe formada pelos soldados Bianchi e Moreno, de maneira anônima, receberam a denúncia de um popular revelando que um veiculo Ford Fiesta de placas DUS-8429, de Itatinga, havia adquirido droga na “biqueira do Peru” e seus ocupantes evadidos logo em seguida.

De imediato, os policiais procederam diligências pelo bairro e prosseguiram pela Rodovia Alcides Soares, principal via de ligação de Botucatu a Vitoriana/Rio Bonito. Quando se aproximaram da entrada II da Fazenda Lageado, no km 02, avistaram o veiculo com as mesmas características informadas, bem como a placa.

Aponta o relatório que os policiais fizeram o acompanhamento e defronte a entrada do Lageado, sentido Vitoriana, abordaram o veículo com quatro ocupantes, sendo três do sexo masculino e uma mulher. Foi feito a revista pessoal nos ocupantes, porém, nada de ilícito foi encontrado. Estavam no veículo: Giovani Henrique Pedroso (21), Rafael Rodrigues Norveti (25), Jonas Aquimael de Almeida (24) e Gisele Conde Aureliano (22).

Quando a PM efetuou vistoria no veículo, localizou no console do painel, um invólucro plástico contendo 10 pedras brutas de crack pesando cinco gramas cada. Indagados a respeito, ninguém assumiu o entorpecente, porém, foi apurado que, o condutor do veiculo Giovani e sua companheira Gisele, foram “contratados” por Rafael e Jonas, para trazê-los de Pratânia até Botucatu, para adquirir entorpecentes (crack) e revender em São Manuel e Pratânia.

A droga teria sido comprada por R$ 500,00 e depois de transformada em porções renderia R$ 1.500,00, um lucro de R$1.000,00. Pelo serviço de “táxi”, o casal receberia certa quantia em dinheiro e em droga (não reveladas).

Dadas as circunstâncias do crime, todos os ocupantes receberam voz de prisão por tráfico e associação ao tráfico de entorpecentes, sendo eles, droga localizada e veículo encaminhados ao Plantão Permanente, onde foram indiciados. Giovani, Rafael e Jonas foram para a Cadeia de Itatinga e Gisele para a de Porangaba.