PM prende quadrilha que assaltou supermercado

Fotos: Luiz Fernando

Uma mega operação foi deflagrada na manhã deste domingo (23) pela Polícia Militar (PM) com a equipe “Bravo” composta pelo Tenente Bruno, sargentos Rosivaldo e Laudo e soldados Carvalho, Alex, Almeida, Lofiego, Amarildo, Conti e Trovão, contando com apoio dos policiais da Rondas Ostensivas Com Auxílio de Motocicletas (Rocam), cabo Denadai e soldados Vocci, Roberto e Bianconi, além da Guarda Civil Municipal (GCM) com inspetor Barcaça e agentes Adeilson e Batista.

Tudo começou quando uma quadrilha composta de quatro homens rendeu um casal que é responsável pela seção de açougue do Supermercado Dia, na Rua Major Matheus, na Vila dos Lavradores e estava saindo de casa no Bairro Altos da Serra para iniciar mais uma jornada de trabalho. Armados com revólveres e encapuzados dois membros da quadrilha obrigaram o homem a entrar em seu próprio carro, um Vectra, enquanto os outros dois ficaram com a mulher em um veículo VW Polo, com placas de Jaú, furtado no Distrito de Rubião Júnior.

Sob ameaça de armas o casal abriu o supermercado e o cofre de onde foi subtraído R$ 13.918,00 em dinheiro, divididos em vários malotes plásticos lacrados e R$ 4.058,43 em cheques. O tempo todo os marginais mantiveram o casal sob a mira das armas, fazendo ameaças, mas não praticaram agressão física.

Com o dinheiro os marginais fugiram e, posteriormente, abandonaram os carros em pontos diferentes do Município com as vítimas. O homem que estava no Vectra acionou a PM e um grande cerco foi montado. Informações chegaram revelando que o VW Polo e a mulher haviam sidos abandonados na Rua Luiz Miquelin, em Rubião Júnior e dois marginais haviam entrado em uma residência e rendido três pessoas de uma família, se refugiando em um dos quartos. A polícia invadiu a casa e eles acabaram presos, com duas armas, dinheiro e os capuzes. São eles: Murilo Henrique Acorse Nunes e Carlos Alexandre Ferreira de Souza, o “Aleixo”.

Simultaneamente, foi preso Fabiano de Oliveira Gregório, o “Oreia”, que a polícia identificou como o terceiro componente da quadrilha. Também foi detido um rapaz alcunhado de Mineiro que teria participado indiretamente do crime tentando despistar a polícia na prisão feita em Rubião Júnior. O outro envolvido também já foi identificado e está sendo procurado.

“Quando foi dado o alarme do roubo, nos mobilizamos e passamos a fazer cerco usando viaturas em diferentes pontos da Cidade colhendo informações e fazendo levantamento de dados. Dessa forma conseguimos chegar até os marginais, executar as prisões e recuperar tudo que eles haviam subtraído do supermercado”, comentou o tenente Bruno.

A mulher revelou que passou por momentos de pavor nas mãos dos marginais e um deles a todo o momento apontava a arma em sua direção, pedindo que mantivesse a cabeça abaixada. “Fiquei apavorada e quando chegaram em Rubião, desceram do carro e disseram que não tinham nada contra mim. Me deixaram no carro e fugiram. Meu pavor foi muito e passei por momentos que nunca mais vou esquecer”, disse a mulher.