PM prende condenado suspeito de integrar facção criminosa

A equipe da Força Patrulha da Polícia Militar de Botucatu, com o tenente Camargo e o soldado Márcio Oliveira realizou neste sábado, por volta das 23 horas, a prisão de um cidadão de nome André Aparecido da Silva, de 36 anos de idade, conhecido como Topete, suspeito de pertencer um facção criminosa conhecida como Primeiro Comando da Capital (PCC), que age nos presídios paulistas.

Os policiais após tomarem conhecimento de que um indivíduo procurado pela Justiça estaria nas imediações da Cohab 1, passaram a realizar patrulhamento e o acusado foi encontrado na Rua Amando de Barros, altura do número 2893, sendo abordado no interior de um veículo Siena prata, placas da Cidade de Pirassununga, interior de São Paulo.

“Inicialmente, Topete tentou apresentar um RG e CPF falso em nome de Elizeu Aparecido da Silva. Porém, ao ser interpelado sobre sua real identidade acabou confessando estar foragido por ter em seu desfavor um mandado de prisão pela prática de roubo (artigo 157 do Código Penal Brasileiro)”, revelou o tenente Camargo.

O indivíduo foi conduzido ao Plantão Permanente e apresentado ao delegado Sergio Castanheira que confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) e determinou o recolhimento de Topete ? Cadeia Pública local. Além de crime de roubo (pena não divulgada) ele também irá responder processo por uso de documento falso.