PM prende cidadão que torturou mulher com faca

 

Os policias tinham conhecimento de que Simão teria praticado do crime contra a mulher gravado em vídeo e difundido pelas redes sociais, causando comoção em razão da brutalidade e frieza com que foi cometido 

 

A Força Tática da Polícia Militar (PM) de Botucatu com o sargento Leonardo, cabos Silva e Torres e soldado Balarin, em trabalho conjunto com os policiais de Itatinga cabos Nazaré e Sinvaldo e soldado Inoue,  realizaram a prisão neste final de semana  de um cidadão chamado Denilson Gomes  Simão, de 23 anos, acusado de crime de prática de  tortura contra sua esposa.

Os policias tinham conhecimento de que Simão teria praticado do crime gravado em vídeo e difundido pelas redes sociais, causando comoção em razão da brutalidade com que foi cometido.  Com uma faca ele retalhou parte do corpo da esposa (braços e pernas) na frente do filho de pouco mais de um ano.  No vídeo o rapaz mostra prazer e frieza ao torturar  sua mulher.  Não foi divulgado quem conseguiu o vídeo e feito a postagem.

A barbárie cometida por esse rapaz causou muita repercussão na cidade e temendo por represálias ele se refugiou em uma casa no Distrito do Lobo, em Itatinga. A PM descobriu o endereço onde o acusado estava e realizou a prisão, sendo ele recolhido junto a Cadeia Pública de Itatinga e deverá ser enquadrado na Lei Maria da Penha.

O vídeo impressiona em razão das frases ditas pelo acusado. “Dá um beijinho no pai, filho”,  completando:  “Vou matar ele (o filho) daqui a pouco”; “Quer ver sangue amor? (para a mulher)?”; “Vou  ‘estrupar’  ela hoje (a mulher)”; Vou pegar a faca melhor,  esta aqui está torta”;  “Gosto de comer crânio”, entre outras.