PM localiza mais 12 quilos de maconha prensada na SP-191

Denúncia anônima que chegou ? Polícia Militar nesta sexta-feira (21) revelou que havia um automóvel (não identificado o modelo) no km 191 da Rodovia SP-191 Geraldo Pereira de Barros, Município de São Manuel e seus ocupantes estavam procurando entorpecente que havia caído de um veículo Renault Megane, placas AWG-8118, de Mandirituba/PR, que capotou na manhã do último dia 20 (quinta-feira) e caiu em um canavial há cerca de 100 metros do acostamento da estrada. Na ocasião foi apreendida uma carga de 740 quilos de maconha prensada divididos em 884 unidades de “tijolos”, além de 380 pacotes de cigarro da marca Eigth com 10 maços cada um. Em razão do capotamento, os “tijolos” de maconha e os pacotes de cigarros ficaram espalhados pelo canavial.

Os policiais militares cabo Fabiano e soldado Marques (que também atenderam a ocorrência do dia 20) retornaram ao referido local na madrugada, mas não localizaram nenhum veículo suspeito. Entretanto, havia funcionários da usina de cana de açúcar de São Manuel fazendo uma queima controlada das folhagens. Após conclusão da queima, os policiais encontraram 19 “tijolos” de maconha prensada pesando 12,325 kg.

Com isso se constata que o Megane trazia, na verdade, um carregamento de 752.215 kg de maconha quando o veículo, por motivos que estão sendo apurados, veio a capotar na pista. O Boletim de Ocorrência (BO) dessa apreensão de droga foi confeccionado pelo delegado José Mário Toniato.

{tam:25px}Relembrando o caso{/tam}

{bimg: 26880:alt=interna1:bimg}

Na manhã do dia 20 (quinta-feira) funcionários do Departamento de Estrada de Rodagem (DER) perceberam que o veículo Renault Megane havia capotado no km 191 da Rodovia SP-191 Geraldo Pereira de Barros, Município de São Manuel, caindo no canavial. Para surpresa dos funcionários o condutor do carro capotado saiu correndo e entrou em outro veículo (provavelmente um Gol ou Golf) e fugiu.

A Polícia Militar foi acionada e constatou que o carro capotado, do Estado do Paraná, estava transportando uma carga de 740 quilos de maconha prensada divididos em 884 unidades de “tijolos”, além de 380 pacotes de cigarro da marca Eigth com 10 maços cada um. Em razão deste capotamento, os “tijolos” de maconha e os pacotes de cigarros ficaram espalhados pelo canavial.

“O Megane estava sendo escoltado por esse veículo branco, conhecido como carro batedor que fazia o acompanhamento mantendo certa distância e que não foi qualificado. Quando o carro capotou o condutor, possivelmente ferido, conseguiu fugir, deixando a droga para trás”, comentou o cabo Adriano, na ocasião do acidente. “Embora não tenhamos prendido o traficante, um grande volume de maconha foi tirado de circulação. O que mais chamou a atenção foi a quantidade de droga que o Megane estava transportando, já que é carro de passeio”, acrescentou o soldado Marques, nesse mesmo dia.

Um dado já foi levantado pela polícia. Esse carro que está sob investigação para que se conheça sua procedência, passou pelo pedágio instalado no km 240 da SP 255 – Rodovia João Melão, Município de Avaré, vindo do Paraná, exatamente, ? s 7h40 da manhã,. Entrou na SP-191 e acabou capotando no km 191. O delegado José Mário Toniato foi o responsável pela confecção do Boletim de Ocorrência (BO) e pelo encaminhamento da droga ? Polícia Federal de Bauru, para que seja, posteriormente, destruída.

Por: Quico Cuter
Fotos: Valéria Cuter