PM e GCM fiscalizam o serviço dos mototaxistas

Numa operação conjunta deflagrada pela Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar (PM) esta semana com o intuito de fiscalização dos mototaxistas de Botucatu, foram verificadas seis agências e cerca de 40 motoqueiros, sendo que 17 estavam em situação irregular, ou seja,  trabalhando transportando passageiros sem nenhum tipo de regulamentação junto a Prefeitura Municipal.

Foram lavrados sete autos de advertências aos profissionais que estão com alvará, porém com algum tipo de pendência. “As ações serão constantes e mototaxistas com pendências ou tenham o interesse em regularizar a situação ou até mesmo tirar dúvidas, basta procurar a sede da instituição na Rua Victor Atti, nº 145, Vila dos Lavradores ou pelo fone 3882-0932”, orientou o comandante da GCM Sérgio Bavia.

Em Botucatu 83 mototaxistas já receberam o certificado do curso especializado exigido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para exercer atividades remuneradas na condução de motocicletas e motonetas para o transporte de passageiros.  Os que não foram certificados não podem atuar no setor.