PM deflagra “Operação ROCAM-13” nas cidades da região

Das 12 horas desta terça-feira (29) até as 18 horas de quinta-feira (1º de dezembro), o 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), de Botucatu que tem em sua área de comando 13 cidades da região, estará desenvolvendo a “Operação ROCAM-13”, com os homens que fazem parte do grupo da Rondas Ostensivas Com Auxílio de Motocicletas (ROCAM).

A equipe irá percorrer todos os municípios do 12º BPM-I, fazendo bloqueios em pontos estratégicos nas entradas e saídas das cidades, além de conhecer os principais problemas de cada uma, no que diz respeito á Segurança Pública, dialogando com as autoridades constituídas.

Os policiais partiram de Botucatu em um comboio de motocicletas levando a bagagem em uma viatura com roupas e outros objetos pessoais para os dois dias de viagem. O pernoite dos policiais será definido de acordo com a necessidade. “Não temos um local determinado para passar a noite. Tudo vai depender da situação de momento”, colocou o major Marcelo Oliveira, responsável pelo setor estratégico de operações do 12º BPM-I.

Segundo oficial, o trabalho só será interrompido nos horários de refeição e do pernoite. Em cada cidade a fiscalização será intensificada com relação a vistorias em veículos e motocicletas, apreensão de armas ilícitas e substâncias entorpecentes como crack, maconha e cocaína, além da prisão de pessoas que estão sendo procuradas pela Justiça.

“Nossa intenção é passar a sensação de segurança ? população e conhecer os bairros mais afastados das regiões centrais das cidades a serem percorridas, com o intuito de aproximar a PM da comunidade. Também está prevista o diálogo com autoridades locais, para juntos encontrarmos diretrizes que melhorem o trabalho policial e detectar como a PM de cada cidade está sendo avaliada pela população”, disse o major da PM.

No retorno, o major irá fazer um relatório sobre tudo o que aconteceu nesta viagem para planejar futuras operações. “Recebemos todos os dias as estatísticas das ocorrências de todas as cidades que fazem parte da área de comando do nosso Batalhão e cada uma tem sua particularidade. Por isso, operações como esta são importantes para conhecermos de perto os problemas que cada cidade enfrenta no dia a dia e poder elaborar estratégias para evitar que os crimes aconteçam”, concluiu Marcelo Oliveira.

Fotos: Valéria Cuter