PM de Botucatu está próxima de conseguir cavalaria e canil

A audiência realizada no dia 14 de dezembro do ano passado, entre o prefeito João Cury Neto e o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Cel. PM Álvaro Batista Camilo, com a finalidade de discutir a criação de um destacamento da cavalaria e de um grupamento de canil da Polícia Militar em Botucatu, colocou o município muito perto de, finalmente, comemorar essas duas conquistas.

Depois de analisar o pleito apresentado pelo prefeito, por meio do ofício 684/2010, o Cel. Camilo despachou o processo com parecer favorável ao seu atendimento, pedindo que o comando da PM de Botucatu também se manifestasse. “Nós já fizemos isso, pois consideramos a instalação, tanto da cavalaria quanto do canil, de fundamental importância para melhoria da prestação de serviços que oferecemos ? comunidade. Se isso realmente se concretizar, Botucatu contará com praticamente todos os programas que a Polícia Militar dispõe e vai se tornar uma referência”, anuncia o coordenador operacional da PM, Major Marcelo Amaral Oliveira.

Nesta terça-feira (1), o prefeito João Cury entrou em contato com o Coronel James, do CPI-7 de Sorocaba, e foi informado que amanhã (2) o processo será encaminhado para São Paulo, também com parecer favorável. Diante da sinalização positiva da PM em Sorocaba e Botucatu, o prefeito viajou a São Paulo nesta tarde para acompanhar de perto o andamento do processo.

“As tratativas estão evoluindo maravilhosamente bem. Nas instâncias técnicas o nosso pedido já foi aprovado. A criação de tais unidades contribuirá para elevar ainda mais o excelente serviço que já vem sendo prestado pela Polícia Militar em nossa cidade. Nos próximos dias deveremos ter novidades”, anuncia João Cury, sem esconder seu otimismo.

Um indicativo importante de que Botucatu deverá ser contemplada é que no próximo dia 14, oito PMs seguirão para o Regimento de Cavalaria, em São Paulo, para participarem do curso de tropa montada, com duração de cerca de dois meses. No total, o município deverá contar com 12 cavalarianos. A cavalaria deverá atuar no patrulhamento da área central, de bairros periféricos e também em eventos.

Também neste mês, dois PMs serão enviados a São Paulo para freqüentarem o curso de canil. No início esse serviço deverá contar com 6 PMs em Botucatu, mas ainda não foi definida a quantidade de animais disponibilizados para o município. Os cães, da raça pastor alemão, serão utilizados no patrulhamento preventivo, em abordagens de suspeitos, localização de pessoas e casos de tráfico de entorpecentes.

Um dos trunfos para que a proposta fosse acolhida pelo Comando Geral da PM foi a parceria que a Prefeitura ‘costurou’ com a direção da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp. “Expliquei ao Coronel Camilo que a universidade será nossa parceria, inclusive disponibilizando o local necessário para abrigar as baias para os cavalos e o espaço para o canil. O Dr. (Luiz Carlos) Vulcano desde o primeiro instante apoiou a ideia e tem trabalhado conosco para que esse sonho vire realidade”, ressalta o prefeito.

Esse projeto também se reveste de grande importância para o governo municipal por fortalecer ainda mais as parcerias que têm sido firmadas com a universidade. “Com a Faculdade de Medicina temos diversas ações sendo realizadas em conjunto e agora praticamente definimos a gestão do novo Pronto Socorro Municipal. Com a Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) atuamos juntos na consolidação do Parque Tecnológico e com a FMVZ será nossa segunda parceria. A outra foi a conquista da construção do Hospital para Animais Selvagens”, relembra João Cury.

Fonte: Secretaria de Comunicação