PM captura rapaz que não retornou de “saidinha“

Na manhã desta quarta-feira, os policiais militares sargento Laudo e soldado Doriguel, efetuaram a prisão de um cidadão chamado Renato Aureliano, de 23 anos de idade, que estava sendo procurado, com condenação por crime de roubo ? mão armada. Ele estava em companhia de outros dois rapazes no Jardim Aeroporto e titubeou em mostrar sua documentação, tentando ganhar tempo e despistar os policiais.

Aureliano estava preso na Penitenciária de Avaí e havia conseguido o benefício da saída temporária (saidinha) do Dia dos Pais, no dia 14 de agosto deste ano, mas não em retornou no dia e horário determinados pela carceragem e entrou para a lista dos procurados da Justiça. Disse que após sair da prisão esteve em várias cidades e teria vindo para Botucatu para trabalhar como pedreiro autônomo.

“Minha família é de Cerqueira Cesar e toda vez que ia me visitar, tinha que arcar com R$ 100,00 da viagem. Para quem é pobre essa é uma quantia razoável. Minha ideia era começar um serviço na Cidade e passar a trabalhar por conta para não ter que assinar a minha carteira (de Trabalho)”, colocou.

Lembra que quando foi abordado pela PM a PM não teve como negar que estava foragido. “Agora espero que eles (a polícia) me deixe aqui em Botucatu, para ficar mais perto de minha família”, disse Aureliano, que após ser apresentado ao delegado Celso Olindo da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), foi recolhido ? Cadeia Pública.

Fotos: Quico Cuter