PM apreende dinheiro que seria usado no tráfico

Um caso que foi registrado na Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de um dinheiro que seria usado para compra de entorpecentes teve envolvimento de um cidadão que já é conhecido nos meios policiais e que está foragido. Seu nome será mantido em sigilo para não comprometer o trabalho investigativo.

No Boletim de Ocorrência (BO) está inserido que tudo começou quando os policiais militares cabo Jerônimo e soldado Teixeira  em patrulhamento pela região do Bairro Monte Mor abordou um individuo chamado Romildo  no momento em que estava chegando à casa desse cidadão que é conhecido nos meios policiais  por envolvimento com o tráfico de drogas.

Romildo estava dirigindo um Vectra quando foi abordado e no interior desse automóvel foi localizado R$ 2.699,00 em dinheiro, que seria supostamente para compra e venda de entorpecente. Ele relatou que o dinheiro era proveniente da venda de uma motocicleta feita a um pedreiro que trabalhava numa obra naquele mesmo bairro.

Entretanto, ao ser questionado esse pedreiro negou que havia feito qualquer tipo de negociação. Por conta disso Romildo acabou conduzido à DISE onde prestou depoimento, sendo liberado.  A origem do dinheiro apreendido está sob investigação.