PM apreende adolescente procurado pela Justiça

A Força Tática da Polícia Militar com os sargentos Leonardo e Joaquim e soldados Carlos Alberto e Tuono apreenderam na Rua Benedito Rodrigues da Silva, na Cohab I, um adolescente de 16 anos de idade que estava com mandado de apreensão expedido pelo juiz da Vara da Infância e Juventude, Josias Almeida Júnior.

O juiz expediu o mandado em razão desse rapaz estar, diretamente, envolvido com o crime de tráfico de entorpecente e já é conhecido nos meios policiais. Ele foi companhado pela sua genitora, ficando a disposição do Plantão Permanente e deverá ser encaminhado a uma unidade de internação na Fundação do Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA).

A situação dos adolescentes entrando para o submundo tráfico de entorpecentes se constitui num problema social de difícil solução. Segundo o juiz Josias Martins de Almeida Júnior, de cada 100 adolescentes que são apreendidos em ocorrências policiais, pelo menos 85 deles estão envolvidos com o tráfico de entorpecentes.

Magistrado explica que muitos adolescentes entram para a criminalidade, incentivados principalmente por traficantes que oferecem o ganho do dinheiro fácil e eles são levados ao crime, pois vêem a possibilidade de sustentar suas famílias e na maioria dos casos sustentar o próprio vício ocasionando um grave conflito social.

Em razão disso diz que tem sido rigoroso e aplicado medidas de internação para que o adolescente tenha um atendimento médico, psicológico e de drogadição. “Muitas vezes ao internar um menor por um determinado período, estamos, sim, protegendo sua vida”, afirma. “Não podemos nos esquecer que o adolescente que vem de uma família desestruturada está mais vulnerável para entrar na criminalidade. Tirar o adolescente desse ambiente é a nossa obrigação, é obrigação da sociedade”, complementou.