Petista pede correção no Plano de Mobilidade Urbana

Com a alteração, a vereadora pretende garantir que a Avenida Itália, que liga Botucatu à Rodovia Gastão Dal Farra, seja classificada como via arterial

 

Vereadora Rose Ielo (PT) está solicitando, via requerimento, a correção para uma alteração no Plano de Mobilidade do município, tornando a Avenida Itália, uma avenida capaz de, estruturalmente, contar com inúmeras vantagens. A solicitação da correção foi encaminhada ao Poder Executivo, responsável pela criação do Plano Diretor de Mobilidade Urbana  (PDMU) e pede para que o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Vicente Ferraudo, encaminhe para o Poder Legislativo, uma alteração no primeiro anexo do PMDU, que apresenta uma informação conflitante com o quarto anexo da mesma lei.

Com a alteração, Rose Ielo pretende garantir que a Avenida Itália, importante via que liga Botucatu à Rodovia Gastão Dal Farra, seja classificada como Via Arterial. De acordo com o requerimento, o Anexo IV do Plano, titulado Mapa Rede Ciclovias, trata o trecho entre a citada avenida e a rodovia como sendo uma via arterial. No mesmo plano, no Anexo I – Hierarquia Viária, o já citado trecho é classificado como avenida Coletora 1 – B1, que faria com que o projeto não fosse contemplado com a implantação de uma ciclovia.

Além do pedido pela alteração, a legisladora busca garantir,  ainda, que o Plano Diretor de Mobilidade Urbana seja cumprido observando a infraestrutura e benfeitorias necessárias a serem executadas na obra de duplicação da Rodovia Gastão Dal Farra, constando as faixas de rolamento nos dois sentidos, guias, sarjetas, calçadas, faixas de serviços, ciclovia e canteiro central, conforme especificado no anexo II – Gabaritos Viários, transformando a rodovia em avenida urbana.