Pedreiro preso por estupro se enforca dentro da cela

O pedreiro Fernando Rodrigues da Silva, de 34 anos, foi encontrado morto dentro da cela da Cadeia Pública de Itatinga, onde estava  desde a quinta-feira (17), quando foi preso após ser apontado como o estuprador de uma jovem de 19 anos. Segundo informações da Polícia, Fernando usou a própria roupa para se enforcar. 

Relembre o caso:

Uma operação conjunta entre a Polícia Civil e Guarda Municipal de Botucatu, na manhã desta quinta-feira, 17, resultou na prisão um homem de 34 anos, suspeito de ter praticado roubo e estupro na ultima segunda-feira, 14. Consta em boletim de ocorrência que uma mulher foi rendida na região da Vila dos Lavradores na tarde de segunda. O acusado, usando uma arma de fogo, teria obrigado a vítima a entrar no carro, um Monza na cor prata. 

“A vítima disse que o homem seguiu até a região do Bairro Cambuí, onde teria praticado o estupro e usado cocaína. Depois disso ele foi até uma agência bancária para que a mulher efetuasse saques em dinheiro. Como já passava das 20 horas, isso não foi possível e ele foi até outra agência e também não conseguiu”, disse o delegado da DIG, Delegacia de Investigações Gerais, Celso Olindo.

Ainda segundo o relato da vítima, o suspeito roubou o celular, o carregador do aparelho e R$ 10,00 em dinheiro e deixou ela descer do carro na vila dos Lavradores, fugindo em seguida.

Fernando Rodrigues da Silva foi detido na Rua Curuzu, região central de Botucatu, dentro do carro que teria usado no crime, que estava com o capô levantado. “Este detalhe que nos chamou a atenção. Além disso, o Monza ainda tinha alguns adesivos e isso facilitou a identificação do veículo. De pronto ele nos confessou o crime”, disse o inspetor Pichinin, da Guarda Municipal.

Com o suspeito os policiais encontraram o celular da vítima, o carregador do aparelho e uma arma de brinquedo, que teria sido usada no crime. O homem levou os policiais ao local onde trabalhava e mostrou o cartão bancário da mulher, que ele cortou ao meio, já que não conseguiu utiliza-lo para saque. O suspeito vai responder por roubo e estupro. Ele foi encaminhado à cadeia de Itatinga e está à disposição da Justiça.

 

 

 

(Com informações do site Leia Notícias)