Pais acusam namorado da filha por crime de estupro

Um rapaz de 21 anos de idade está sendo acusado de ter estuprado uma adolescente de 13 anos, que seria sua namorada e que esse namoro tinha o consentimento da família. Entretanto, a menina se desentendeu com os pais e ela fugiu de casa indo morar com o namorado, na Rua Frederico Petry, na Vila Maria.

Os policiais militares cabo Silas e soldado Almeida deslocaram-se até a casa do acusado onde foi constatada a presença da adolescente, no interior da residência e ela se recusava a voltar para a casa. Os PMs convenceram o casal a se deslocar até ao Plantão Permanente onde o Boletim de Ocorrência (BO) foi confeccionado.

O casal foi entrevistado e alegou que o motivo da vítima ter fugido de casa era porque a mãe (testemunha) havia descoberto que ela mantinha relações sexuais com o namorado e decidiu pela denúncia. O acusado não ficou preso, mas terá que responder na Justiça por crime de estupro de vulnerável e se condenado poderá pegar uma pena que varia de 08 a 15 anos de reclusão.

Muito embora a adolescente tenha afirmado de que a relação sexual tenha sido consentida, sem violência ou coação, a lei prevê que o consentimento da ofendida é irrelevante, assim como sua eventual experiência sexual anterior, já que a lei determina que se caracteriza em crime uma pessoa maior de 18 anos manter relações sexuais com um vítima menor de 14 anos de idade.