Operação no Rio Tietê resulta em flagrante de tráfico

Após receber denúncia anônima de que havia pessoas foragidas da Justiça e suspeitas de terem participado de furtos em caixas eletrônicos em cidades de região como Anhembi e Bofete, infiltrados na Vila dos Pescadores, da Ponte do Jaú, Rio Tietê, na SP-191 Rodovia Geraldo Pereira de Barros, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), realizou uma operação no local, que também era apontado como esconderijo de armas de grosso calibre.

Foram para o local o delegado Geraldo Franco Pires, os policiais civis da delegacia especializada Marcos, Vitor, Caio, Vergílio, Afonso, Paulinho, Jofre e Pecorari, além dos agentes da GCM Pimentel, Pichinin e Nogueira. Quatro viaturas também foram usadas nesta operação.

Numa das barracas da Colônia de Pescadores os policiais deram voz de prisão em flagrante a um cidadão chamado Carlos Alberto dos Santos, de 18 anos de idade, que estava com munição de calibre 38, porta munição, certa quantidade em dinheiro e nove papelotes de cocaína. Santos acabou indiciado em crimes de porte ilegal de munição e tráfico de entorpecentes, sendo recolhido ? Cadeia Pública de Botucatu.

“Outras operações semelhantes deverão ser desencadeadas, pois existem denúncias de que pessoas procuradas pela Justiça estejam se infiltrando nessas colônias que estão ? s margens do Rio Tietê, passando-se por pescadores”, destacou o policial da DIG, Marcos Franco.