Operação integrada realiza dois flagrantes de tráfico

Na noite desta quinta-feira (1º de novembro), véspera do feriado de Finados, a Guarda Civil Municipal (GCM) sob comando do inspetor Pimentel e a Polícia Militar (PM) comandada pelo tenente Kleber, deflagraram uma operação conjunta com o intuito de fiscalizar estabelecimentos comercias que existem reclamações pertinentes a perturbação do sossego, falta de alvará de funcionamento, tráfico de drogas e venda de bebida para menores de 18 anos.

A operação contou com cerca de 08 viaturas e 15 agentes (entre a GCM e PM). Foram fiscalizados 07 estabelecimentos com apoio da fiscalização de rendas da prefeitura, que acabou lavrando 02 notificações por irregularidades administrativas.

Em um dos primeiros bares fiscalizados localizado na Avenida Dom Lúcio os agentes avistaram no momento da abordagem um individuo correndo em direção do banheiro do estabelecimento e dispensando algo. Logo em seguida o averiguado foi abordado e verificou-se que havia dispensado um invólucro contendo 17 pedras de crack, além de encontrar com o mesmo a importância de R$22,00 em dinheiro e uma “paranga” de maconha.

O averiguado acabou informado aos agentes que tinha apenas 17 anos e realmente estava traficando naquele local. Questionado se havia algo em sua residência acabou informando que tinha mais uma pequena quantidade de maconha. Em buscas na residência do menor na presença de sua genitora foi localizado um “tijolo” de maconha pesando 330 gramas, que supostamente seria vendida também, visto que daria para confeccionar cerca de 330 “parangas” da droga.

Também na casa desse adolescente foi localizada uma espingarda de pressão e devido ? procedência duvidosa acabou sendo apreendida. Este adolescente já bastante conhecido nos meios policiais devido a outra apreensão do mesmo, onde foram apreendidas cerca de 70 pedras de crack com ele.

{n}Jabuti{/n}

Durante a operação os agentes estavam fiscalizando bares na região do Jardim Brasil e acabou abordando Felipe Guilherme da Silva, 21 anos, bastante conhecido nos meios policias pela pratica de roubo e alcunha de “Jabuti”. Neste caso, o indiciado foi flagrado com 36 pinos de cocaína embalados individualmente e prontos pra venda. Ele tentou dispensar o entorpecente, porém foi preso em flagrante e durante busca pessoal foi localizada a importância de R$ 60,00 em dinheiro que segundo confissão do indiciado ? polícia seria proveniente da venda de drogas, além de um telefone celular. Durante buscas na residência do “Jabuti” foi localizado mais uma porção de maconha de, aproximadamente, 20 gramas.

A operação culminou na prisão de individuo e um menor apreendido, além de terem fiscalizado estabelecimento problemáticos e que são alvos de inúmeras denúncias nos telefones 199 (Guarda Municipal) e 190 (Polícia Militar). “Essas operações conjuntas das forças de segurança da Cidade serão intensificadas com intuito de atender as denúncias feitas pela população, além de manter os índices criminais baixos e garantir que a lei seja cumprida”, adiantou o inspetor Pimentel.