Operação contra o frio resgata pessoas nas ruas

Nesta quarta-feira (14) a Guarda Civil Municipal (GCM) juntamente com o Centro de Atendimento de Migrante Itinerante e Mendicância (Camim) está dando continuidade em um trabalho voltado para que pessoas em situação de vulnerabilidade sejam acolhidos, num trabalho coordenado pela assistente social Neide Zonta.

Visitando vários locais da Cidade, principalmente praças públicas e casas abandonadas, essas pessoas são resgatadas e levadas ao Camim onde se alimentam e pernoitam, ficado protegidas do frio da madrugada. Também são assistidas pela equipe de assistentes sociais para que possam viabilizar algo que consiga melhorar a situação em que essas pessoas vivem.

Vale ressaltar que a “Operação Migrante” tem parceria transversal das Secretarias Municipais de Segurança e Assistência Social, sendo executado pela GCM e Camim. “O fator predominante no sucesso desta ação social é a imensa contribuição da população que solicita diuturnamente no número 199 acionando o auxílio as pessoas em situação de vulnerabilidade”, comentou o comandante GCM, Sérgio Bavia.

Neide Zonta destaca que nessa época de inverno se faz necessário esse tipo de ação e nos últimos anos em Botucatu não foi registrado nenhum óbito por hipotermia devido a baixas temperaturas. Adianta que esse trabalho em parceria com a GCM continuará sendo feito nos próximos dias.

“Atendemos não só migrantes ou desvalidos como também pessoas que se encontram vagando pelas ruas embriagadas e são encaminhadas ao Camim ou para suas próprias casas”, ressalta Neide Zonta. “O importante é que esta camada da população não pereça nas praças, ruas e em outros lugares desta Cidade por conta do frio intenso”, acrescenta.