Ônibus com 18 passageiros perde o freio em via movimentada

Fotos: Valéria Cuter

Não fosse a destreza do motorista Theodoro Afonso Júnior, de 42 anos, uma tragédia poderia ter acontecido ? s 18 horas desta quinta-feira (3) na Rua Major Matheus, na Vila dos Lavradores, a poucos metros do Viaduto Arlindo Granado que liga o centro ? região alta da Cidade, local de grande fluxo de veículos.

Afonso Júnior conduzia um ônibus rural placas CNI-2290, de Botucatu, com 18 colhedores de laranja da Fazenda Morrinhos e estava levando os trabalhadores para casa depois de mais uma jornada de trabalho, quando houve falha nos freios. Vendo que o aclive da rua poderia fazer com que o ônibus ganhasse velocidade e ficasse descontrolado ele fez uma conversão jogando o veículo de passageiros contra o canteiro central.

O ônibus subiu no canteiro e bateu contra uma palmeira. Embora o susto tenha sido grande nenhum dos passageiros saiu ferido. “Por sorte o ônibus estava em baixa velocidade e quando não senti os freios, joguei (ônibus) contra o canteiro. Não tinha o que fazer e o mais importante de tudo é que ninguém se machucou”, colocou o motorista.

Esteve no local os policiais militares Doriguel e Luiz com o objetivo de colher dados para confecção do Boletim de Ocorrência (BO). A equipe do Grupo Especial de Patrulhamento Ostensivo com Motocicletas (GEPOM), com os agentes Barcaça, Nogueira, Regina e Leandro, deram apoio controlando o fluxo de veículos para evitar um novo acidente.

{n}Caminhão da Prefeitura tomba na pista{/n}

Outro acidente envolvendo veículo pesado foi registrado na manhã desta quinta-feira no km 09 da rodovia vicinal Alcides Soares. Um caminhão munk da Secretaria Municipal de Obras da Prefeitura Municipal capotou em uma curva próxima ? entrada da Fazenda Granja Moreto, a aproximadamente 1 km do Distrito de Vitoriana.

O veículo carregava materiais para a realização de obras no bairro da Mina. Dentro dele estavam o motorista e dois ajudantes (Jonatan Afonso Arruda, Luiz Fernando Diniz e Edson Oliveira), que sofreram algumas escoriações pelo corpo. Eles foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados ao Hospital das Clínicas (HC) da Unesp, onde permanecem conscientes e em observação.

Segundo o secretário municipal de Obras, André Peres, o condutor do caminhão informou que houve falha no sistema de frenagem. Ainda assim a perícia técnica da polícia foi até o local e confirmará as causas do acidente. “O importante é que todos estão aparentemente bem, e não deixaremos de prestar assistência aos nossos servidores”, afirma.