Oficiais da PM recebem insígnias de promoção

Fotos: Luiz Fernando

 

Na tarde desta segunda-feira (26) em cerimonial ocorrido no 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), de Botucatu, foi entregue as insígnias dos oficiais que foram promovidos, já publicados no Diário Oficial do Estado (DOE). Com as promoções haverá mudanças nas áreas estratégicas de comando. O comando geral permanece com o tenente coronel Jorge Duarte Miguel, tendo como subcomandante o major Osmar Amaro dos Santos.

Antes da entrega das insígnias o mestre de cerimônia, capitão Maurício Lanhoso de Lima, anunciou os policiais que foram homenageados com a Láurea de Mérito Pessoal que objetiva distinguir policiais militares que por seus méritos se destacaram no cumprimento do dever. A Láurea de 5º Grau foi entregue ao cabo Denis Ricardo Vaz e soldados Gilberto Aparecido Pipo e Juliana Aparecida Rodrigues Silva. Já a Láurea em 3º Grau foi entregue ao tenente Anderson Mariotto.

Receberam suas insígnias de major os ex-capitães Aleksander Toaldo Lacerda, Kátia Regina Firmino Christófalo e José Semensati Júnior. Desses, somente Semensati ficará em Botucatu assumindo a Coordenadoria Operacional do 12º BPMI, no posto do major Valter Luiz Salles Gonçalves, que deverá ir para São Paulo.  No lugar de Semensati, para comandar a 1ª Companhia virá Alexander Cagliari Machado (que está no Batalhão de Avaré). Já Aleksander Lacerda e Kátia Christófalo irão para outras cidades (não definidas).

No lugar do major Aleksander como Relações Públicas deverá assumir o capitão Marcelo Ricardo Silva e no lugar da major Kátia, na Seção Operacional, assume o capitão Maurício Lanhoso de Lima, que deixa comando da 2ª Companhia de São Manuel. Para este cargo ainda não se definiu por um nome, mas deverá ser um capitão.

Outras promoções para capitão foram dos ex-tenentes Marcelo Cornejo Noronha e Kleber Batista de Oliveira. Já para o posto de 1º tenente foram promovidos Roberto Afonso Cabrini; Marco Antônio da Silva; Willian Borgato Filho e Fernando Luiz Malagutte.

Num discurso emocionado o comandante do 12º BPM-I, tenente coronel Jorge Duarte Miguel enalteceu a promoção dos oficiais e lamentou não poder ficar com todos, em razão do Quadro Particular de Organização (QPO), que limita  o número de oficiais graduados para cada quartel e essas mudanças acabam fazendo com que alguns promovidos procurem outros Batalhões.

“Tenho orgulho de comandar esse Batalhão e todos os integrantes da Corporação sejam soldados, cabos, sargentos, tenentes, capitães ou majores. Todos nós temos o mesmo propósito de servir. Só posso parabenizar a todos que foram promovidos e desejar muita sorte nessa nova etapa da carreira”, ressaltou o comandante. “Se dependesse de minha vontade manteria todos aqui em Botucatu, mas isso não é possível e temos que seguir o que determina o regime militar”, complementou.