Mulheres se apoderam de carro para programa sexual

Durante a madrugada a equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE) da Guarda Civil Municipal (GCM) com os agentes Trombaco, Rezende e Adeilson recuperaram um veículo com queixa de furto.

Segundo consta no relatório da GCM, no início da madrugada os agentes obtiveram a informação, via rede rádio, que um veículo Fiat Uno havia sido furtado. Em posse do emplacamento do carro os guardas iniciaram o patrulhamento com intuito de tentar recuperar o veículo.

A equipe do GAPE deparou-se com o veículo furtado na região central da cidade e para a surpresa dos guardas havia duas mulheres em seu interior. Indagadas quanto aos acontecimentos as mesmas alegaram que na noite anterior foram até um motel da cidade junto com o proprietário do veículo para utilizarem crack.

Entretanto, após acabar o entorpecente o dono do carro informou que não tinha dinheiro para pagar o motel e as mulheres se propuseram a sair com o carro e fazer programas sexuais para conseguir o dinheiro e pagar o valor que deviam naquele estabelecimento. Salientaram que ficaram surpresas com a abordagem já estavam voltando para o motel para “resgatar” o proprietário do veículo que lá permaneceu aguardando o dinheiro.

Aos guardas, o proprietário do veículo deu uma versão diferente e alegou na elaboração do Boletim de Ocorrência (BO) que, realmente, foi até o motel, mas acabou dormindo e as mulheres furtaram seu veículo. Os fatos foram apresentados junto ao delegado plantonista e as partes foram ouvidas e liberadas. Estranhamente, o proprietário do carro não compareceu no plantão policial para rever seu veículo que acabou sendo apreendido junto ao Botuparking.