Mulheres são presas com drogas nos órgãos genitais

Uma operação realizada pelos policiais militares Doriguel e Destro, com apoio da policial Fabiana terminou com a apreensão de 14 pedras de crack, que duas mulheres mantinham ocultas em seus órgãos genitais e foram presas em flagrante  de tráfico de entorpecentes. Uma terceira mulher que seria a responsável pela droga, também acabou presa por associação ao tráfico.

A operação teve início quando chegou a informação de que havia duas mulheres realizando o tráfico de entorpecentes pela Rua Henrique Reis, região do Jardim Brasil. Os policiais se deslocaram para o local,  teriam constatado o crime e deram voz de prisão às mulheres, sendo acionada uma policial feminina para realizar a revista pessoal.

Segundo o que está descrito no Boletim de Ocorrência (BO),  Elisângela C.I.A. de 32 anos, trazia oito pedras de crack na vagina, uma no sutiã e outra boca e Vanessa A.M., de 29 anos, tinha outras quatro pedras, também na vagina. Já com Ana R.V., de 48 anos, não havia drogas, mas R$ 110,00, que a polícia entendeu ser referente ao tráfico. As três foram conduzidas ao Plantão Policial Permanente, indiciadas e recolhidas á Cadeia Pública de Porangaba.