Mulheres são assaltadas em dois pontos da Cidade

Os policiais especializados do Serviço de Inteligência da Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), estão trabalhando para buscar a elucidação de dois casos de roubos registrados pela Polícia Militar, nas últimas horas, cometido contra mulheres.

Na Rua Leonardo Villas Boas, altura do número 2534, na Vila Paulista, a vítima foi uma mulher de nome Carolina, de 28 anos de idade. Eram 23h45 desta quinta-feira, quando ela foi abordada, por um desconhecido que simulando estar armado e fazendo ameaças veio a subtrair o seu aparelho de telefone celular.

Esse cidadão, segundo a vítima, era gordo, careca, moreno, trajando camiseta preta e branca, com bermuda escura e chinelos. Os policiais militares Eliete e Claudemir estiveram no local e realizaram patrulhamento pelas imediações do crime, mas o ladrão não foi localizado.

{n}Jardim Paraíso{/n}

Outro caso de roubo ocorreu no início da madrugada, na Rua Rafael Laurindo, altura do número 813, no Jardim Paraíso, tendo como vítima uma mulher de nome Sarah, de 22 anos. A ocorrência foi atendida pelos policiais militares Edilton e Marchesine.

A mulher estava em um ponto de ônibus naquela região, quando foi abordada por um desconhecido, com uma blusa com forro e simulando estar armado levou o seu telefone celular e fugiu.

Nos dois casos de roubos contra as mulheres, as vítimas foram apresentadas ao Plantão Permanente onde a autoridade policial civil fez a confecção dos Boletins de Ocorrência (BO), encaminhando-os ao setor investigativo.