Mulher presa é acusada de praticar 58 estelionatos

Indiciada foi localizada e presa numa ação de patrulhamento preventivo/ostensivo da Força Tática na Rua Joaquim José Tarrento, região da Vila Ferroviária

 

Foram 93 casos de estelionatos (artigo 171 do Código Penal) praticados (não tipificados), segundo o que está descrito em Boletim de Ocorrência (BO) assinado pelo delegado Geraldo Franco Pires,  no Plantão Permanente. Esses crimes são imputados a uma mulher de 58 anos de idade, que estava sendo procurada pela justiça, com a prisão decretada.

Essa mulher chamada Irene Ambrósio Pires foi localizada e presa numa ação de patrulhamento preventivo/ostensivo dos policiais militares da Força Tática sargento Doni e cabos Edilton e Fernando, na Rua Joaquim José Tarrento, região da Vila Ferroviária.  Após ser cientificada sobre os fatos, a indiciada foi conduzida até o plantão, onde foi ratificada a prisão, sendo a indiciada recolhida à Cadeia Pública Porangaba.

 

Pensão

Outra prisão de condenado foi feita pelo sargento Marcelo e soldado De Moraes na Rua Veiga Russo, no Bairro Alto.  Através de denúncia via 190, os policiais militares deslocaram-se até o local onde abordaram um cidadão de 39 anos de idade, que estava sendo procurado por não honrar o compromisso do pagamento da pensão alimentícia determinada pela justiça. Ele foi recolhido à Cadeia Pública de Itatinga.