Mulher furta DVD para “cobrar” programa sexual

Acusada alega que o homem havia feito programa sexual  e teria se recusado a pagar a importância combinada de R$30,00,  alterou-se e furtou o aparelho do veículo para não ficar no prejuízo

 

Por volta das 23 horas deste domingo (10) os guardas civis municipais inspetor Destro e agente Lima, realizaram a prisão de uma mulher de 20 anos de idade, na região da Cecap, acusada por prática de furto. A ocorrência tem duas versões distintas da acusada e da vítima, um empresário de 48 anos.

A vítima solicitou a GCM através do telefone 199, dando conta que a indiciada lhe abordou nas proximidades da Praça Isabel Arruda, em frente a  Misericórdia Botucatuense,  oferecendo programa sexual, mas ele não teria aceitado. A mulher tentou entrar em seu veículo, momento em que a vítima deixou o carro para buscar ajuda e quando retornou com os guardas percebeu que o aparelho de DVD do seu veículo modelo Renault havia sido furtado.

Em patrulhamento os agentes localizaram a acusada na região da Vila Santana (Cecap) com o respectivo aparelho de DVD. Indagada sobre a situação, a mulher alegou que o homem havia feito programa sexual e se recusado a pagar a importância combinada de R$30,00. Por causa disso,  ficou alterada e furtou o aparelho do veículo para não ficar no prejuízo.

As partes foram conduzidas ao plantão policial, onde a delegada Ana Paula Baston Theodoro Bengozi, ouviu as versões e deliberou pela prisão em flagrante da mulher pelo crime de furto e arbitrou fiança no valor de R$1.000,00. Porém, como a dívida não foi paga, a indiciada foi encaminhada à Cadeia Pública de Porangaba.