Mulher fica “entalada” em vitrô de casa no Bairro Tanquinho

No mínimo incomum. Assim se pode chamar a ocorrência atendida pelo inspetor Destro e agente Jayme, da Guarda Civil Municipal (GCM), nessa sexta-feira (22) numa casa na Rua Fausto Lyra Brandão, na região do Bairro do Tanquinho. Uma mulher ficou “entalada” ao tentar entrar na residência por um vitrô.

Ela acabou ficando com metade do corpo para fora e foi necessária a presença da equipe de resgate do Corpo de Bombeiros para cortar a grade e arrombar a porta para retirá-la. Segundo apurou a GCM essa mulher seria usuária de crack e estava alterada no instante do atendimento.

Vítima salientou que foi ao local (casa) para apanhar as roupas da sua irmã, que estaria se separando do marido. Tentou arrombar a porta e, como não conseguiu, tentou passar de costas pela janela. A mulher foi retirada sem que sofresse ferimentos.

Os agentes afirmaram também que o imóvel seria usado para o consumo de drogas, já que um cachimbo confeccionado, artesanalmente, para fumar crack foi apreendido. O proprietário não havia sido localizado até o final da tarde e a responsável pela imobiliária que administra a casa acompanhou o trabalho de resgate.