Mulher é presa acusada de danos a posto de saúde

Atendendo solicitação feita via 199 o Grupo Especializado de Patrulhamento com Motocicletas (Gepom) formado pelos guardas municipais Regina e Prado se deslocou até a unidade de Saúde na Rua Dante Corsatto, Bairro 24 de Maio, para atender a crimes de desacato e danos ao patrimônio público.

No local uma mulher de 41 anos (L.A.C.) havia aportado ao posto para providenciar alguns medicamentos, mas ao ser atendida se desentendeu com uma funcionária e durante a discussão tentou agredi-la. A servidora fugiu entrando em uma sala e fechou a porta. Entretanto, a mulher continuou a ofendê-la com palavras de baixo calão e esmurrar a porta vindo a quebrar o vidro do local.

Em razão da falta de controle da mulher a guarnição deu voz de prisão e conduziu as partes até o Plantão Policial Permanente onde o delegado Marcelo Lanhoso de Lima após tomar ciência dos fatos elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de natureza dano qualificado ao patrimônio público e desacato,  ratificando a voz de prisão já dada, anteriormente, e encaminhando a mesma a Cadeia Publica de Porangaba.