Mulher é acusada de crime de tráfico no Jardim Paraíso

Numa residência na Rua Lourenço Carmelo, região do Jardim Paraíso, os policiais militares cabo Silas e soldados Luiz e Almeida, realizaram um flagrante de tráfico de entorpecentes envolvendo um adolescente de 16 anos de idade e uma mulher chamada Priscila Aparecida Coelho, de 29.

Ao averiguar uma denúncia anônima de tráfico de entorpecente onde a mulher estava sendo apontada como traficante, os PMs depararam-se com sindicado que tentou evadir-se, mas foi perseguido e apreendido. Na busca pessoal, nada foi localizado, mas no medidor de energia havia 10 pinos (blisters) plásticos de cocaína.

Em seqüência, no interior do imóvel, localizados 34 pinos com a mesma substância. Indagado o sindicado sobre o paradeiro de sua genitora, o mesmo declinou que a mesma teria saído na companhia de sua avó. Feito patrulhamento e a mulher foi localizada em via pública. Com ela havia a importância de R$ 154,65 em espécie.

Diante dos fatos apresentados os averiguados foram conduzidos ao Plantão Permanente onde foi ratificado e lavrado o flagrante delito pela prática de tráfico de entorpecente, ficando a mulher presa. Já o sindicado foi liberado.

{n}Pista de skate {/n}

Outra apreensão de entorpecente foi feita pelos policiais militares Capeluppi e Emerson, na Avenida Universitária s/nº – Pista Skate – Jardim Planalto, que efetuavam patrulhamento por aquela região da Cidade e abordaram um adolescente de 17 anos.

Na revista pessoal foi localizado com o sindicado seis porções de maconha e R$ 35,00 em cédulas diversas. Dados e parte encaminhados a Delegada de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) onde o adolescente prestou depoimento e foi liberado.