Mulher agredida por amásio é atendida no PS

Na madrugada desta quarta-feira (07), à guarnição formada pelos guardas municipais Celso e Máfia, compareceram no Pronto Socorro (PS) Adulto (foto), onde de acordo com informações uma mulher gravemente ferida estava sendo atendida e solicitava a apoio para realizar a elaboração do Boletim de Ocorrência (BO) em desfavor de seu amásio.

Em contato com a esta mulher os agentes foram informados que na Rua Reverendo Humberto Barbosa, Jardim Brasil, após uma discussão, o seu amásio, Charles Maranho de Castro, de 38 anos, de posse de um copo de vidro desferiu vários golpes em seu corpo vindo a quebrar e a provocar vários cortes.

A mulher acabou atingida na cabeça, braço esquerdo e mão direita e havia sido socorrida por uma amiga, sendo encaminhada até o PS. Desta forma, após receber o atendimento médico necessário ela foi conduzida até o Plantão Policial Permanente onde o delegado Marcelino Aparecido de Oliveira, tomou ciência dosa fatos para elaborar o Boletim de Ocorrência (BO) de violência doméstica/lesão corporal dolosa. O autor do crime não foi localizado.

 

Desinteligência

Em outro os guardas se deslocaram até a Rua Hernani dos Reis, na Vila Real, onde uma mulher estaria sendo agredida por seu companheiro e havia fugido para um matagal e o homem teria ido atrás dela, com um veículo. Em contato com as partes, que tinham retornado para a referida rua, foi constatado que os ânimos já estavam acalmados e ambos informaram que teriam discutido por motivos banais. Portanto, as partes foram orientadas quanto ás representações legais que poderiam ser feitas.