Mulher acusa seu ex-marido de incendiar residência

Fotos: Valéria Cuter

A Polícia Civil de Botucatu está trabalhando para elucidar a um caso de incêndio, supostamente, criminoso ocorrido em uma casa na Rua Willian Miguel Francisco Silva (antiga Rua 13), no Bairro Santa Maria, que pertence a uma mulher chamada Elisângela, na madrugada deste domingo. O acusado pelo crime é seu ex-marido chamado Reginaldo.

No momento em que o incêndio começou a mulher estava na casa de um parente em razão de estar sofrendo ameaças por parte de Reginaldo que não aceita a separação. Ele teria ateado fogo na casa e fugido. Entretanto, vizinhos perceberam a fumaça e acionaram o Corpo de Bombeiros que controlou as chamas.

Porém, Reginaldo teria retornado durante a madrugada e ateado fogo, novamente, na casa. Desta feita o fogo causou grande destruição e quando o Corpo de Bombeiros foi acionado, os móveis já haviam sido destruídos. O acusado pelo incêndio fugiu e está sendo procurado para dar sua versão dos fatos.

A reportagem apurou que Elisângela, em razão das agressões que vinha sofrendo, pediu proteção ? Justiça e, com isso, Reginaldo estava proibido de se aproximar da mulher, mas teria desrespeitado a determinação e estava ameaçando a mulher caso ela não se reconciliasse com ele. O caso está na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).