Motoristas morrem em colisão entre caminhões na SP-191

(Atualizado às 11h00m)

A colisão aconteceu por volta da 5h30m desta sexta-feira, 06, na Rodovia Geraldo Pereira de Barros, a SP-191. O acidente foi perto da ponte do Jaú, entre as cidades de Botucatu e Santa Maria da Serra. Por motivos que ainda serão apurados, um caminhão da empresa botucatuense Areia Rays que seguia no sentido Botucatu-Santa Maria da Serra, conduzido por Antônio Marques, de 69 anos, colidiu frontalmente contra outro caminhão carregado com pisos cerâmicos, conduzido por Santo Aparecido Maranho, de 65 anos, de Duartina, que seguia no sentido contrário.

O motorista desse veículo não havia sido identificado durante o socorro. Segundo informações da Polícia Rodoviária, o acidente aconteceu quando o caminhão de Botucatu foi fazer a conversão para entrar no porto de areia que fica às margens do Rio Tietê. A neblina no momento da colisão pode ter atrapalhado a visão dos motoristas.

Equipes do Corpo de Bombeiros, SAMU de Botucatu e Polícia Rodoviária foram até o local para o atendimento. As vítimas ficaram presas nas ferragens e foi necessário cortar a lataria dos caminhões para que elas fossem retiradas. As cabines ficaram completamente destruídas. Os motoristas foram levados pelo Resgate dos Bombeiros e SAMU ao pronto socorro do Hospital das Clínicas de Botucatu em estado gravíssimo e morreram ao dar entrada na unidade hospitalar.

Devido ao intenso tráfego na SP-191, houve lentidão no trecho do acidente, que foi sinalizado pela polícia rodoviária. Nesta pista há um movimento muito grande de carretas e caminhões com diversos tipos de cargas, já que é uma importante ligação entre o centro-oeste paulista e a região de Campinas/Piracicaba. A Polícia Científica esteve no local para realizar a perícia, que irá apontar as causas do acidente. 

 

Fotos: Júnior Quinteiro / Acontece Botucatu