Morre na Unesp caminhoneiro que se acidentou na SP-280

Neste domingo (3) foi anunciado o falecimento do motorista de caminhão Tiago Jorge Pires, de 30 anos de idade, que se envolveu em um acidente na manhã da última sexta-feira (1), na SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, nas proximidades do viaduto de saída para Botucatu, pista sentido capital, no município de Itatinga e estava internado no Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC) da Unesp. Além de Pires, outras três pessoas sofreram ferimentos de natureza grave.

Na ocasião dos fatos, Pires estava conduzindo um caminhão baú frigorífero com um carregamento de carne, placas da Cidade de Santa Cruz do Rio Pardo (sentido a São Paulo) e colidiu contra a traseira de outro veículo com uma carga de produtos de limpeza que saía de Botucatu com destino a Cesário Lange.

Com o impacto da batida a cabine do caminhão de carne chegou a se soltar da carroceria depois de bater contra um barranco e Pires ficou preso nas ferragens. A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Botucatu teve muita dificuldade para resgatar o motorista que foi internado na Unesp, mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a falecer nesse domingo.

Toneladas de produtos de limpeza e carne ficaram espalhadas pela pista que ficou, parcialmente, interditada por mais de quatro horas na altura do quilômetro 210. Funcionários da concessionária que administra a Castello Branco jogaram pó de serra para evitar que o asfalto ficasse escorregadio. A Polícia Técnica Científica de Botucatu também esteve no local para elaborar o laudo pericial e detectar as causas do acidente.