Moradores denunciam grupo que pretendia soltar balão

Através de denúncia anônima feita via 199 à guarnição da Guarda Municipal formada pelo inspetor Trombaco e o agente Celso se deslocou até a Praça Jorge Dib Saad (foto), na Cohab I,  onde segundo informações alguns indivíduos estariam se preparando para soltar balões.

 Chegando ao local os agentes encontraram um balão abandonado e segundo informações de frequentadores do local os indivíduos foram avisados da aproximação da viatura e fugiram em uma caminhonete preta colocando parte do material na carroceria, porém deixaram para traz um dos balões, a guarnição realizou patrulhamento, porém não obteve êxito em localizar os indivíduos. O balão foi apreendido.

 De acordo com o artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais, fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento urbano é crime. A pena é detenção de um a três anos ou multa ou ambas as penas cumulativamente.