Menina de três anos fica presa em porta giratória de banco em Botucatu;Bombeiros e Policiais são chamados para o resgate

Uma ocorrência incomum em uma agência bancária na avenida Vital Brasil foi registrada no começo da noite de terça-feira, 05. Passava das 19 horas quando o telefone 193 do Corpo de Bombeiros de Botucatu tocou. Do outro lado da linha uma mãe em apuros, pois a filha de apenas três anos estava presa na porta giratória do banco. O alarme não disparou, e ninguém das instituição financeira estava no local para destravar o dispositivo.

Em minutos os Bombeiros Cabo Corvino e Subtenente Ferrari chegaram na agência, iniciando uma operação que poderia ser simples, mas não foi. A reportagem do Acontece Botucatu estava lá para relatar o caso, mas acabou se envolvendo de outra forma também, acalmando e distraindo a pequena Kételin. Ao mesmo tempo nossa redação tentava contato com a gerência do banco.

Recém-chegada de São Vicente e residindo na Vila Aparecida, a mãe da criança conta o que ocorreu. “Eu fazia uma operação no caixa eletrônico, quando vi, ela já estava na porta giratória. A porta estava travada, momento em que fiquei nervosa e ela também. Graças a Deus que os Bombeiros chegaram, pois fiquei mais aliviada”, disse a mãe da menina que pediu para não ter o nome divulgado.

O empresário Renato Cardoso estava no local quando a menina ficou presa. Ele ajudou os Bombeiros na retirada da criança. “Foi um susto, pois do nada vimos a menina ali trancada. Não sabemos como a porta abriu e trancou ao mesmo tempo. Depois dei um apoio aos Bombeiros para tentar abrir uma porta lateral”, disse Cardoso.

O sistema de monitoramento que presta serviço ao banco abriu à distância a porta de acesso aos cadeirantes, o que facilitou a entrada dos Bombeiros em uma área próxima ao local onde se encontrava a menina. Mas para surpresa de todos os envolvidos, a porta giratória não foi destravada. Se uniram ao caso os Policiais Militares Cabo Carvalho e Cabo Amarildo, que também participaram da retirada da garota.

Depois de mais de meia hora, Policiais Militares e Bombeiros conseguiram destravar a porta para retirar a menina, que de imediato correu para os braços da mãe. Depois foi abraçar Policiais e Bombeiros em uma cena emocionante. “Recebemos o chamado da mãe relatando que a menina estava presa. Ao chegar tentamos de várias formas retirá-la de lá. É uma ocorrência de início tensa, pois tem uma criança envolvida, mas o alívio por ter um final feliz”, disse o Subcomandante Ferrari do Corpo de Bombeiros de Botucatu.

O Acontece Botucatu tentou conversar com a representante da empresa de segurança, que preferiu não se pronunciar. No local compareceu um representante do banco, que também não quis falar por não ser o gerente da agência. Foi informado que o gerente da unidade onde ocorreu o fato está de férias, sendo que sua substituta não esteve no local.

Por fim, a empresa de monitoramento fez contato com a Polícia Militar através do celular de um membro da equipe de vigilância do banco, questionando a presença dos profissionais no interior da agência bancária. Os policiais responderam que estavam cumprindo o dever de proteger e salvar a criança. A equipe do Acontece Botucatu enviou um e-mail à assessoria de imprensa da agência bancária, para que o banco pudesse se posicionar, porém, até a publicação desta reportagem, o e-mail não havia sido respondido.

(Júnior Quinteiro)

VEJA A REPORTAGEM DA TV ACONTECE:

Fotos: André Godinho