Médico italiano é encontrado perdido em Botucatu

Durante o cumprimento do Programa de Patrulhamento Orientado ao Patrimônio Público Municipal (PPOP) pelas imediações do Estádio Municipal “João Roberto Pilan” – Inca, na Vila Antártica, a Guarda Civil Municipal com o inspetor Barcaça e a agente Edinéia, atenderam a um médico italiano perdido.

Esse profissional chamado Francesco, de 25 anos, natural de Bologna – Itália, havia chegado ao Brasil há três dias através de um intercâmbio e estava esperando a carona de um aluno da Unesp que iria levá-lo até o Hospital das Clínicas (HC).

Entretanto, este aluno esqueceu que tinha oferecido carona a Francesco que não conhece nada da cidade e possui dificuldade em se comunicar em português. A guarnição prestou um apoio ao mesmo o conduzindo até o setor de pediatria da Unesp.