Mais furtos são cometidos em área externa do shopping

Neste sábado  mais dois proprietários de veículos tiveram prejuízos com furto de bens e vidros quebrados em estacionamento  em área externa do Shopping Botucatu, na Avenida Marginal  200, em  local próximo a uma matagal. Os casos foram revelados no Facebook do ex-vereador Abelardo da Costa Neto que fazia gravações  no local para seu programa na TV Alpha e teria sido alertado pelas vítimas. Outros casos já  foram registrados naquela área.

“Seria interessante instalar uma base da Guarda Municipal na região, já que o shopping não está preocupado com seus clientes e colocar uma pessoa cuidando.  A polícia aumentou a ronda, mas não tem como ficar o tempo todo no local.  O shopping  não dá segurança do lado de fora e, supostamente,  obriga a todos pagarem estacionamento, que é caro”, critica Abelardo.

E o ex-vereador vai, ainda, mais longe em suas críticas. “Não adianta vir ninguém puxar o saco do shopping ou estacionamento. Quando se faz uma estrutura dessas em local impróprio, tem que pensar também nas pessoas que não tem condições de pagar estacionamento.  Funcionários, principalmente,  não têm condições de pagar em torno de R$ 230,00 por mês”.

 E conclui:  “Estacionamento na área interna deve ser gratuito, já que as pessoas vão ao local para fazer compras e deixam seu dinheiro em diferentes lojas. O shopping poderia cobrar uma pequena taxa dos comerciantes para que seus funcionários pudessem usar o estacionamento e não deixar o carro distante correndo o risco de furto”.

Em entrevista recente sobre furtos a interior de veículos em diferentes pontos da cidade  o comandante da 1ª Companhia de Polícia Militar, capitão Alexandre  Cagliari,  destacou que a maioria dos casos acontece por falta de cuidado dos proprietários e. “Para minimizar essa ocorrência é importante que as pessoas se conscientizem e não deixem objetos de valor à mostra e que possam atrair ladrões. Depois que o crime acontece fica difícil identificar a autoria”, alerta.