Instrutor da SWAT americana visita GCM de Botucatu

Na manhã desta quarta-feira (28) o instrutor da Special Weapons And Tactics (SWAT), Oficial Guillermo Cantu Júnior, visitou o Comando da Guarda Civil Municipal de Botucatu. Além do Policial da SWAT esteve presente Basilio Machado de Sousa, representante da Empresa CATI no Estado de São Paulo.

Guillermo foi recepcionado pelo Secretário de Segurança, Dr. Adjair de Campos e pelo comandante da GCM, Paulo Renato da Silva, que mostrou toda estrutura da GCM e falou sobre a realidade da Guarda Municipal de Botucatu.

O Instrutor fez uma apresentação aos agentes do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE) e do Grupo Especializado de Patrulhamento Com Motos (GEPOM), onde foi discutido sobre o trabalho da SWAT Americana e formas de atuações táticas.

{n}SWAT{/n}

A Swat (Special Weapons And Tactics) – Armas e Táticas Especiais, foi criada nos Estados Unidos, como unidade de polícia altamente especializada nos departamentos das grandes cidades. É um grupo seleto, altamente treinado e bem disciplinado, formado por policiais voluntários, são especialmente equipados e treinados para poderem reduzir o risco associado a uma situação de emergência.

Isto pode incluir ataques coordenados a alvos específicos, tais como: criminosos fortemente armados em locais abrigados, mandados de prisão de alto risco e operações com reféns localizados e desativação de artefatos explosivos, além de atividades como escolta VIP e combate ao “inimigo interno” (terroristas infiltrados em solo americano). Os policiais da SWAT são equipados com um armamento diferenciado dos patrulheiros, incluindo submetralhadoras, carabinas, gás lacrimogêneo e granadas de mão, além de rifles para franco-atiradores.