Idosa é deixada em carro sob forte calor na Rua Amando

 

Durante a efetivação do trabalho de patrulhamento preventivo/ostensivo e acionado por transeuntes os policiais militares Rodrigo e Conti, juntamente com o cabo Machado,  realizaram no início da tarde desta terça-feira (15) uma operação registrada como abandono de incapaz na Rua Amando de Barros, região central da Cidade.

Populares informaram que dentro de um carro Ford Ka, estacionado havia uma mulher idosa (67 anos), sob um sol muito forte por mais de 30 minutos e sem ninguém  por perto. A mulher, de acordo com os policiais, estava imóvel e com vômito pelo corpo. A ocorrência gerou clamor público e houve acúmulo de pessoas acompanhando o trabalho policial.

Foi acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que, através da enfermeira Priscila prestou socorros e recolheu a mulher, fazendo seu encaminhamento ao Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC) para uma melhor avaliação sobre seu estado de saúde. Os policiais apresentaram o caso junto a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Enquanto a mulher recebia os socorros a filha e dona do veículo (de 43 anos) apareceu e acompanhou a condução da mãe até o PS. Alegou que é responsável pelos cuidados à mãe que tem necessidades especiais. Havia estacionado seu veículo na Rua Amando, deixando sua genitora no carro para ir até o banco, mas houve, segundo ela, atraso no atendimento e ela demorou mais do que previa.