Identificados autores do vandalismo contra a Câmara

Fotos: Luiz Fernando

Um trabalho conjunto desenvolvido pela Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG); Polícia Militar (PM) e Guarda Civil Municipal (GCM), trouxe a identificação dos cinco jovens (três homens e duas mulheres), com idade entre 17 a 25 anos, que na madrugada de segunda-feira (15) praticaram atos de vandalismo contra o prédio da Câmara Municipal, na Rua João Passos, região central da Cidade.

Os autores foram filmados por câmeras de segurança apedrejando vidraças e o relógio do legislativo que fica em frente ao prédio, considerado um dos patrimônios históricos do município e não há condições de ser restaurado ou reposto, já que não existem peças originais.

Na ocasião dos fatos, as forças de segurança da Cidade estiveram no local e puderam constatar que o crime foi premeditado, ou seja, os autores chegaram ao local do crime com as pedras nas mãos para danificar o patrimônio. São eles: C.P.G. (25); A.C.O. (20), F.G.M. (19); D.F.R. (17) e P.G.J. (17). Os crimes mais graves foram cometidos pelo casal de adolescentes.

O crime aconteceu por volta das 4h45 e as pedras foram retiradas do piso superior da Praça Comendador Emílio Peduti – Bosque, que fica em frente da Câmara Municipal e passou por recente reforma. “As imagens foram fundamentais para esclarecer esse crime contra o patrimônio municipal e o trabalho conjunto fez a identificação de todos os envolvidos”, colocou o delegado Celso Olindo.

Na delegacia os cinco mantiveram a mesma versão, alegando que haviam exagerado na bebida (inclusive os dois adolescentes) e acabaram por cometer o vandalismo. Nenhum dos cinco envolvidos possui passagens policiais. Todos foram ouvidos, liberados e deverão arcar com os prejuízos causados.