Identificado homem morto em tentativa de assalto a ônibus em Botucatu

assalto-onibus-morte-2A polícia identificou o suspeito morto na noite de sábado, 10, depois de tentar assaltar um ônibus de transporte coletivo na rua Curuzu. Luis Henrique dos Santos Rodrigues, de 23 anos, já tinha passagens pela polícia pelo mesmo crime, roubo a circular em 2014. Ele chegou a ficar preso, mas saiu da cadeia há poucos meses.

Segundo o boletim de ocorrência, Luis tentou assaltar um ônibus na rua Curuzu, mas não conseguiu concluir o crime. Na fuga, ele foi atropelado pelo ônibus e prensado contra o portão de uma residência na rua Rangel Pestana.

assalto-onibus-morte-7No ônibus só estavam o motorista e a cobradora no veículo. O suspeito não estaria armado. Luis Henrique foi socorrido com vida, mas morreu a caminho do hospital. O velório está sendo realizado no Complexo Funerário e o enterro será na segunda-feira, 12, as 10h30 no Cemitério Jardim.

A reportagem do Acontece Botucatu conversou com o motorista e com a cobradora, que bastante abalados, não quiseram dar declarações. Representantes da empresa São Dimas, que estavam no local prestando assistência aos funcionários, também não quiseram se pronunciar.

O acidente foi registrado pela Polícia Civil como tentativa de roubo, seguida de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O caso segue agora em investigação. O motorista foi ouvido e liberado. Ele vai responder ao processo em liberdade.

Crime em 2014 – Relembre o caso

No dia 22 de junho de 2014, o tenente Aislan e o cabo Modesto realizaram a prisão de uma dupla suspeita de terem praticado dois assaltos contra as duas empresas concessionárias responsáveis pelo  transporte coletivo urbano de Botucatu: Stadtbus e São Dimas. São eles: Luiz Henrique Santos Rodrigues e Ednilson Carlos Rodrigues, de 21 e 20 anos, respectivamente. O interessante é que os dois assaltos foram realizados na Rua Curuzu, com intervalo de apenas 15 minutos.

Inicialmente, um elemento ruivo com a camisa do Barcelona (Luiz Rodrigues), entrou no ônibus da Stadtbus, que fazia a linha Sesi/Jardim Bandeirantes e foi direto até a cobradora. Simulando estar armado anunciou o assalto exigindo dinheiro. Do lado de fora um comparsa (Ednilson Rodrigues) dava cobertura ao crime. Depois de consumar o roubo ambos fugiram sentido Bairro Alto.

Menos de 15 minutos depois, na mesma rua, o mesmo assaltante ruivo e com camisa do Barcelona invadiu, desta vez, o ônibus da empresa São Dimas que fazia a linha Cohab/Vila Paulista e de forma idêntica foi até a cobradora para anunciar o assalto, tendo a cobertura do comparsa.

Em patrulhamento pelo Bairro Alto os policiais militares localizaram a dupla criminosa e deram voz de prisão. Com eles foi apreendido R$ 86,85 em dinheiro e um martelo, que simulava uma arma.  Os dois foram conduzidos ao Plantão Permanente, apresentados à delegada Simone Alves Firmino Tuono, indiciados em crime de roubo e recolhidos à Cadeia Pública de Itatinga.